Banner Topo Direita
tempo 16 ºC
Aveiro
Sábado, 24 de Junho
|
|
|
|
|
|
Subscrever RSS Feed RSS Feed
Onde estou? » Editorial

As últimas semanas têm sido pródigas em acontecimentos politicos no concelho de Anadia, levando a crer que a campanha autárquica que se aproxima a passos largos será tudo menos monótona.

Após Litério Marques ter dito adeus ao “seu” MIAP, em comunicado no qual se desfaz em desculpas àqueles que nele confiaram e foram levados a votar no movimento independente liderado por Teresa Cardoso, foi deixado naquele mesmo comunicado uma porta aberta para o regresso do filho pródigo à casa que o alojou durante décadas – o PSD.

Numa atitude aparentemente conciliatória, o ex-edil do Município de Anadia apelava às gentes social democratas que unissem esforços e encontrassem no seu seio os melhores entre os melhores militantes para se apresentarem às autárquicas deste ano. À data daquele comunicado, Litério Marques ainda era um indesejado independente, sem militância partidária desde que o actual Presidente da Comissão Política do PSD assinou a guia de marcha da expulsão do histórico social democrata. Eis que, no dia 9 de janeiro, o inimaginável até há uns meses acontece: a concelhia que o havia expulso do PSD, entrega-lhe, no mesmo dia, a ficha de militante e a de candidatura às autárquicas, sendo esta aprovada naquele órgão partidária e sufragada “por unanimidade e aclamação” na distrital do PSD. Desde então, temos assistido a diversas intervenções públicas por parte do agora candidato do PSD e da concelhia que lhe abriu a porta que obrigam os jornais a fazer um pouco a “revisão da matéria dada” em termos de coerência política. Olhemos então para o que diz agora Litério Marques sobre as candidaturas.

O fundador do MIAP, que como o próprio nome indica é um movimento independente, menos de 4 anos depois de ter criado aquele movimento que se apresentou a sufrágio eleitoral, acredita hoje que a democracia só pode ser exercida no seio dos partidos. O ex-Presidente de Câmara que ainda em 2014 afirmava que o MIAP era um projecto sólido e em que acreditava plenamente, hoje relega-o para a bancada dos projectos falhados. A Comissão Política do PSD que há 4 anos acusava Litério Marques de não ter cultura democrática, hoje recebe-o de braços abertas e acredita que o candidato de 75 anos é o homem certo para liderar o futuro de Anadia.

O PSD é o partido politico com mais força e implantação no concelho de Anadia. À sua frente terá um desafio hercúleo que passará por dois momentos chave: convencer os eleitores que o projecto que agora lidera é o mais competente para o futuro do concelho, mas, sobretudo, terá que lutar diariamente contra as suas muitas incoerências dos últimos 4 anos.

EDITORIAL

O “lifting” do PSD

Miguel Ferreira       Editorial

OPINIÃO

Editorial

Últimas
Mais lidas
Os primeiros alunos originários dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, defenderam no dia 21 as suas Provas de Aptidão Profissional, terminando assim o Curso de Técnico de Viticultura e Enologia.

Banner Lateral Direita
Anúncios Imobiliários
 

Loja


Loja

Para: Arrendamento
Glória, Aveiro

Consultar

Terreno


Terreno

Para: Venda
Mealhada, Mealhada

Consultar

Apartamento


Apartamento

Para: Arrendamento
Luso, Mealhada

Consultar

Apartamento T3 DUPLEX


Apartamento T3 DUPLEX

Para: Venda
Aradas, Aveiro

Consultar

RB TV
 


Inquérito   Inquérito


Jornal Região Bairradina REGIÃO BAIRRADINA - Quinzenário de Informação Regional REGIÃO BAIRRADINA - Quinzenário de Informação Regional, expertmedia, xmedia