População de Ancas sem Farmácia

População de Ancas sem Farmácia

População de Ancas sem Farmácia – Desde o passado dia 1 de Setembro que a Freguesia de Ancas deixou de ter Farmácia. O estabelecimento existente foi transferido para Anadia.

O presidente da Junta, Arménio Cerca, está preocupado com esta situação, pois, no seu entender, a população idosa é a mais penalizada.


Com o objectivo de tentar minimizar a situação, a Junta de Freguesia escreveu ao Infarmed para saber o que pode ser feito para inverter este problema.


O autarca referiu ao RB que “há décadas que Ancas possui uma farmácia, tem cerca de 1000 habitantes e uma Unidade de Saúde com cerca de 800 utentes”.


Sublinhou que a população é bastante envelhecida (tem cerca de 150 pessoas com mais de 65 anos de idade e cerca de 50 pessoas com mais de 80 anos), pelo que “é tremendamente difícil ou quase impossível a deslocação da maior parte desta população para ter acesso aos medicamentos”.


Arménio Cerca invoca ainda as infra-estruturas desportivas, culturais, de lazer e estabelecimentos comerciais que permitem a continuidade de fixação de população.


Por outro lado, referiu que “está em fase de conclusão a construção de um aldeamento para 26 habitações, que permitirá o aumento de população na Freguesia”.


Por outro lado, salientou que a Freguesia de Ancas tem também localizado a Poente uma nova zona Industrial, que “contribuirá também para a fixação de mais população”.


Na missiva enviada ao Infarmed, o presidente da Junta quer saber como poderá ser pedida a instalação de uma nova farmácia nesta Freguesia e se será possível a Junta de Freguesia de Ancas solicitar a instalação de uma nova Farmácia, na área geográfica desta Freguesia.…